Home » Notícias

APP (Android + IOS) + Site por apenas 500€

  • Sistema de Fidelização - cartão de cliente
  • Farmácias | Supermercados | Cabeleireiros | etc.
  • preço de lançamento - limitado às 1ªs adesões

Mais informações

Publicado em: 2012-12-06
6 de Dezembro-Festa de São Nicolau
descubra PEQUENOS CONTOS, GRANDES VIDAS

 

6 de Dezembro – Festeja-se o S. Nicolaus


Na Alemanha as pessoas tem o hábito de comemorarem o dia de São Nicolaus. E isso já há cinco séculos sempre no dia 6 de dezembro. Nesta data,  as pessoas realizam uma celebração em suas casas onde as  crianças são presenteadas com guloseimas e entram de fato no clima festivo do Natal.


São Nicolaus ficou conhecido devido a sua imensa generosidade e aos milagres. Ele era bispo e faleceu no ano de 350 d.C..  Foi santificado pela Igreja Católica e tornou-se um símbolo ligado diretamente ao nascimento do Menino Jesus. 
 

Diferentemente do que se imagina, este ícone de bondade é quem realmente é considerado pelo catolicismo como o verdadeiro Pai Natal. Sem barriga rechonchuda, nem roupa vermelha ou botas pretas, o bom velhinho das noites de Natal era alto, esbelto, vestia um tipo de batina branca e mitra, comuns aos bispos da época. 



Nascido na Turquia, na cidade de Demre, antigamente conhecida como Myra, Nicolau é personagem de diversas lendas. A mais conhecida se refere ao dia em que ele teria presenteado três irmãs com um saco de moedas de ouro, o qual teria jogado pela chaminé da casa da família. Com este dote, as meninas se livraram da prostituição e conseguiram bons casamentos.


Mas não é só entre as crianças que o velhinho se tornou popular. Entre os adultos, ele é visto como um salvador e padroeiro ou, até mesmo, como um protetor contra os perigos do mar. Por esse motivo, em muitas cidades costeiras ainda se encontram igrejas que levam o nome do santo. Só na Inglaterra existem mais de 400 e em Roma, mais de 60.
 

Sempre em busca de novas fontes de financiamento o Centro Social Paroquial de S. Nicolau, em Lisboa, lança hoje o livro “Pequenos contos, grandes vidas”. 

São histórias que falam de uma Lisboa de outras eras, mas sobretudo da vida dos seus protagonistas - idosos que continuam a viver na Baixa e que são apoiados pelo centro social paroquial de S. Nicolau. 

Sofia Salvado, a autora do livro, diz que o objectivo é “fazer um bocadinho de sensibilização para a importância da terceira idade, mostrar que as pessoas idosas têm imensa informação que nós já não temos e a pessoa sentir que a sua vida é interessante, que tem algo para ser partilhado, para ensinar a outras pessoas”. 

O livro conta as histórias pessoais de seis idosos. A sétima história reúne vários testemunhos: “A sétima acaba por ser um conjunto de vários testemunhos, incluindo de uma senhora que é filha de uma das utentes, com quem tive a falar. Viveu a juventude aqui na Baixa e contou histórias interessantíssimas. A ideia não era fazer um relato maçudo e biográfico, era ser fiel à história das pessoas e dar-lhes uma roupagem ficcional, para ser mais giro de ler”. 

As receitas do livro vão reverter para o projecto “Mais proximidade, melhor vida”, que acompanha 86 idosos de várias paróquias da Baixa. O projecto tem tido o apoio de vários mecenas, mas precisa de financiamento para 2013 e o livro será uma ajuda. 

(Fonte:RR-Radio Renascença)

Outras Notícias






NAO PREENCHER (anti-spam): ( deixe em branco )

Pedido de Informações
Precisa de informações adicionais? Não encontrou o que procurava? Não hesite em contactar-nos:

Conhece alguém que beneficiará da informação, produtos ou serviços disponibilizados nesta página? PARTILHE-NOS!