Responder a anuncio: Tempos e Métodos - Analisa a determinação científica de um Tempo Padrão levando em consideração,anuncio classificado, , Romario
Home » Anuncios »
Criamos Sites WordPress

SITE NOVO em apenas 24 HORAS

  • Revistas Digitais
  • Lojas Online
  • Sites Empresariais/Pessoais

Conhece AQUI os mais de 20 modelos de sites à escolha
  .: Responder ao Anuncio :.
E-Mail
Resposta


Publicado em: 2009-10-28
Tempos e Métodos - Analisa a determinação científica de um Tempo Padrão levando em consideração
 
TEMPOS & MÉTODOS

 

Analisa a determinação científica de um Tempo Padrão, levando em consideração o ritmo de trabalho, a fadiga, as tolerâncias pessoais e a frequência. Tem como base o processo, a operação e seus elementos. É a ferramenta básica da Organização e Racionalização Industrial.

CAPÍTULOS DO LIVRO

1 - INTRODUÇÃO

2 - A INDÚSTRIA

3 - A PRODUÇÃO INDUSTRIAL
3.1 - Produção em Série
3.1 - Produção sob encomenda

4 - A ORGANZAÇÃO INDUSTRIAL
4.1 - Organograma básico de uma Indústria
4.2 - O Processo de Produção, a Operação e os Elementos da
Operação

5 - A IDÉIA DE PADRÃO DE TRABALHO

6 - TEMPOS & MÉTODOS - Sua Importância na indústria

7 - CRONOMETRISTRA - O homem e a Profissão

8 - ESTUDO DE TEMPOS E MÉTODOS
8.1 - Sistemas de Medidas de Tempo
8.2 - Tipos de Cronômetros
8.3 - Folha de análise para o Estudo de Tempos
8.4 - Análise da Operação
8.5 - Divisão dos Elementos da Operação
8.6 - Freqüência dos Elementos (I)
8.7 - Pontos de Leitura
8.8 - Anotação dos Tempos
8.9 - Posição para a Cronometragem
8.10 - Número de Observações
8.11 - Nivelamento dos Tempos
8.12 - Normalização dos Tempos
8.12.1 - Fator de Eficiência (Habilidade e Esforço)
8.13 - Fadiga, Monotonia e Tolerâncias Pessoais
8.14 - Outras Tolerância
8.15 - Freqüência dos Elementos (II)
8.16 - Tempo Padrão
8.16.1 - Tabela de Tempos Padrões
8.17 - O bom senso e a Lógica na determinação de um Tempo
Padrão

9 - EXEMPLOS DE CRONOMETRAGENS
9.1 - Cronometragem de uma prensa no corte de peças
9.2 - Cronometragem de uma laminação de barras e uma siderúrgica
9.3 - Cronometragem de uma operação, onde existe uma "espera"
9.4 - Cronometragem de uma operação de retífica, quando varia o
número de passes no acabamento

10 - A RACIONALIZAÇÃO INDUSTRIAL - OBJETIVO FINAL

11 - APÊNDICE
11.1 - Método de treinamento para avaliação da habilidade e
Esforço do Operador
11.2 - Produtividade a 100 e a 60
11.3 - Exemplos simples de melhoria de métodos



Conheça mais acessando nosso site!!!

http://www.produtividadeindustrial.com.br
romario@produtividadeindustrial.com.br
Tel.: (11) 5518-3881
 





NAO PREENCHER (anti-spam): ( deixe em branco )

Pedido de Informações
Precisa de informações adicionais? Não encontrou o que procurava? Não hesite em contactar-nos:

Conhece alguém que beneficiará da informação, produtos ou serviços disponibilizados nesta página? PARTILHE-NOS!

Compre com Segurança:

Avaliação desta Loja