2006-12-25    -    [ Cultura ]
 
Momentos

Momentos de solidão, momentos e parcelas de vida, completos ou fugazes, momentos de ternura e amor, constroem a nossa existência.

 

Momentos em que batalhamos sem desfalecer, outros em que nos sentimos afundar, alguns nos quais conquistamos a paz encontrando serenidade.

 

Momentos de alegria com ou sem razão, preenchemos as nossas vidas de múltiplos momentos, tornando-nos amargos ou afáveis, optimistas ou pessimistas, sábios ou tolos, ricos ou pobres no decorrer do imprevisto.

 

Viver é um momento com muitos recortes, múltiplos sentimentos, uma constante mudança, a virtualidade dos dias, o prolongamento das distâncias, um novo rumo.

 

Agora que me descobriste lembra-te e guarda no coração momentos que partilhá-mos, guerras que juntos vencemos, abraços que nos uniram, beijos lavando as lágrimas, passeios à beira-mar, frutos colhidos, espinhos tirados da carne, temporais e bonança.

 

Coloca tudo na tua caixa de cristal, no teu íntimo, não deixes uma única parcela de parte. Por fim, quando necessitares vai e retira da caixa de cristal um momento. E sentes que não foi em vão todo o percurso que fizemos. Foi apenas o ínicio que nos levou à maturidade, um ponto de partida para edificarmos sentimentos, purificarmos o espírito. Vês então que nada se perdeu, apenas se transformou ou diluíu na água dos rios, na própria terra que brota raízes, frutos e perfumes.

 

Vidas aprenderão a respeitar cada momento tal como nós viemos a fazer sem azedume nem nostalgia.

 

Aladin VanDunem